Construção Livre | Jardins e Hortas Verticais: Conheça mais!
Focada em atender obras residenciais, zela pelo compromisso e transparência aos seus clientes e profissionais. O compromisso maior da Construção Livre é com a felicidade, que se conquista quando se valoriza desde as pequenas coisas. Grandes marcas e produtos de qualidade, na CL você tem!
obras residenciais, compromisso, transparência, Swiss Park, campinas, Construção Livre, ATACADISTAS, acabamento, jardinagem, eletrica, ferramentas, abrasivos, EPI, utilidades domesticas, cimento, hidraulica,
16743
post-template-default,single,single-post,postid-16743,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive
 

Jardins e Hortas Verticais: Conheça mais!

Jardins e Hortas Verticais: Conheça mais!

A vida na cidade nos traz algumas limitações, como mobilidade e falta de tempo. Por isso cada vez mais sentimos a necessidade de estarmos próximos da natureza. Uma boa dica para ter esse contato, são os Jardins e Hortas Verticais, que deixam o ambiente com design encantador e uma beleza que só plantas conseguem dar ao local. Desde pequenos espaços, a grandes paredões de plantas feitos por profissionais especializados, os Jardins e Hortas verticais não exigem muitos cuidados.  Nesse texto vamos dar algumas dicas de como conseguir montar um cantinho para plantas e temperos.

O local que seu jardim ou horta vertical deverá ficar deve ser arejado, e ter pelo menos um pouco iluminação natural em algum horário do dia. A espécie que você colocar deve estar apta para ficar nesse local. Algumas plantas têm características especificas, umas precisam de mais sol, outras não. Por isso opte pelas que combine com as condições do seu local e do seu tempo para se dedicar a elas.

Para você que vive na correria, as melhores são suculentas, que não precisam de tantos cuidados e não precisam ser regadas frequentemente. Mas existe uma variedade grande de opções a que já se instalaram em superfícies verticais na natureza e se adaptam mais fáceis como, samambaias, capins, pendentes e trepadeiras. Para hortas, as mais recomendadas são manjericão, orégano, pimenta, cebolinha, hortelã, salsa, coentro, mas atenção: Procure saber quais plantas precisam ficar sozinhas. Alguma delas, como a hortelã, tem raízes agressivas e não pode ocupar o mesmo vaso que outras.

E para abriga-las hoje existe várias alternativas. Algumas delas são a treliça de madeira, painel em aço, vasos de plástico modulares em diversas cores e modelos, xaxim de fibra de coco, módulos cerâmicos, módulos em concreto.

E para não ter muito trabalho e não correr risco de perder suas mudas, um bom profissional e um bom projeto pode simplificar tudo com uma irrigação automatizada, muitas com a opção de substratos na composição, que ajudam as plantas no seu desenvolvimento, e o resultado pode ser surpreendente. Uma verdadeira obra de arte que encanta e acalma com sua beleza natural.

Mas aqui vai mais uma dica: antes de instalar um Jardim ou horta vertical é interessante certificar que aquela parede está preparada para a umidade que vai receber. Regando as plantas ou instalando um sistema de irrigação, a parede onde estará os suportes dessas plantas entrará em contato com esta água de algum jeito, portanto verificar se ela está em condições de receber água é importante para não gerar infiltrações e comprometer sua estrutura.

Montando pensando em todos os requisitos acima, no geral é muito fácil montar na sua parede um jardim vertical. Além da beleza que proporciona, é diferenciado e o conforto térmico dentro de casa pode melhorar muito, já que plantas retém a umidade do ar, e deixam o espaço mais fresco depois.