Construção Livre | Sustentabilidade: Uso de cisterna para coleta de água
Focada em atender obras residenciais, zela pelo compromisso e transparência aos seus clientes e profissionais. O compromisso maior da Construção Livre é com a felicidade, que se conquista quando se valoriza desde as pequenas coisas. Grandes marcas e produtos de qualidade, na CL você tem!
obras residenciais, compromisso, transparência, Swiss Park, campinas, Construção Livre, ATACADISTAS, acabamento, jardinagem, eletrica, ferramentas, abrasivos, EPI, utilidades domesticas, cimento, hidraulica,
222
post-template-default,single,single-post,postid-222,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive
 

Sustentabilidade: Uso de cisterna para coleta de água

Sustentabilidade: Uso de cisterna para coleta de água

O instinto de sustentabilidade vem aflorando cada vez mais pela preocupação com o nosso planeta. Utilizar do que temos de modo consciente hoje é pré-requisito para conservar e entender que, para obter uma vida mais saudável, medidas devem ser tomadas, e muitas ações por mais pequenas que pareçam, fazem toda a diferença para a conservação do meio ambiente.

Lavar o carro, lavar o quintal ou a calçada, limpar a casa, molhar as plantas. A reutilização da água da chuva é uma boa opção para realizar essas tarefas sem prejudicar o meio ambiente. Você pode ficar tranquilo em meses de estiagem ou de crise hídrica, e ainda segura gastos que fazem diferença no final do mês.

A cisterna é uma das opções para a captação de água da chuva, hoje existem vários modelos para o tratamento dessa água para uso. Mas atenção! Tratar não significa que está água ficará potável. Apesar da água que cai do céu ser limpa, a água que vai para a cisterna passa por vários lugares antes de ser armazenada, como a sua calha, que pode conter insetos, dejetos de aves e etc.

Sobre os modelos de recipientes existem tanto para casa, quanto para apartamentos e áreas rurais, como subterrâneas, compactas e de uma grande disponibilidade de capacidade. Saber qual é a certa para você exige ajuda de profissionais que já existem no mercado e dão todo o suporte para tal. Abaixo listamos as que são mais utilizadas:

Alvenaria:
As cisternas de Alvenaria são feitas de tijolo, cimento e cal, geralmente comportam muitos litros água, por isso, feitas em lugares com bastante disponibilidade de espaço. A impermeabilização das cisternas de Alvenaria deve ser feita para evitar vazamentos, e é necessário serem regularmente examinadas e limpas, pois podem favorecer a proliferação de algas e muitas vezes servir como foco de dengue.

Polietileno:
Além de serem mais leves, as cisternas de Polietileno são mais resistentes e conseguem deixar a água fresca por mais tempo que outros modelos. Possuem uma superfície que colabora com a limpeza. Sua tampa rosqueável isola o interior contra insetos e água da chuva, contem também uma proteção na superfície interna antibacteriana. Ideal para locais com altura reduzida

São várias para todos os tipos de necessidades. Ter a orientação de um especialista é necessário para você saber qual é a melhor para o seu cenário. A instalação de uma cisterna em poucos dias já se vê a diferença, tanto na rotina quanto nas contas, além das vantagens que ela oferece, sustentabilidade e economia.